quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Uma luz ao fundo do túnel...

A minha amiga e ex colega Alda Dias Fonseca, publicou na sua página, no passado dia 15, um post muito engraçado chamando a atenção para a comemoração do Dia Internacional do Chá.
- Como foi possível - Pensei eu - Que sendo tão chazeira, me tenha passado despercebida esta data ?!
Vai daí, toca de pesquisar...
Fiquei então sabendo, que esta efeméride foi criada, não para se tomar chá nesse dia, o que naturalmente e muito bem se pode fazer, mas sim como uma chamada de atenção aos governos, organizações e população mundial para os graves problemas que os trabalhadores das plantações de chá, assim como os pequenos produtores atravessam. Garantir os direitos destes trabalhadores e alcançar preços justos para os produtores são alguns dos objectivos deste dia 15 de Dezembro - Dia Internacional do Chá.
Nos milhares de chávenas de chá, bebidas ao longo da minha existência, vergonhosamente, jamais me lembrei destes problemas, o que prova que consideramos o que temos como um dado adquirido a que temos direito, sem nos lembrarmos do que está por detrás de tudo isso, assim como dos que trabalharam para que pudéssemos usufruir regaladamente desse bem.
Por coincidência, nesse mesmo dia, tinha colocado um serviço de chá, de forma mais ou menos harmoniosa, conforme o engenho permitiu, no centro de uma mesa, e pendurado as chávenas que por serem douradas pretendi fazer referência às estrelas que brilham no céu e a uma estrela em especial que segundo reza a história brilhou sobre a gruta onde nasceu o Menino guiando os pastores e os Reis Magos até ao local sagrado.
Na verdade,  não sei bem o que me deu, com tantas ideias geniais, de centros de mesa, que aparecem na Internet, logo tive que fazer o que me veio à cabeça! Sempre fui assim voluntariosa que é como quem diz, teimosa, e independente - Já o dizia a minha mãe...
No  fundo, no fundo, o que desejo ardentemente é que as minhas chávenas douradas, à semelhança da Estrela de Belém, guiem os plantadores de chá, todos os homens de modo geral, e tu minha amiga/o em especial, até ao fundo do túnel da intolerância, da prepotência, da maldade, da tristeza, da inveja enfim da infelicidade porque é sabido que a luz está ao fundo do túnel!
BOM NATAL



















Sem comentários:

Publicar um comentário